Prorrogar o prazo do CAR no último instante foi um ato de terrorismo do Ministério do Meio Ambiente, por João Batista Olivi

posted in: Notícias | 0

ilustracao[1]A Medida Provisória envida nesta quinta-feira pelo poder Executivo ao Congresso prorrogando o prazo do Cadastro Ambiental Rural é a cereja no bolo amargo do desrespeito com que o Ministério do Meio Ambiente trata os agricultores e agricultoras do meu Brasil.

cart55[1]Os técnicos do governo sabiam que essa prorrogação era necessária, mas deixaram a decisão para a ultima hora como forma de aterrorizar, de forçar, de pressionar os agricultores a correrem atrás do Cadastro Ambiental Rural.

Muitos perderam o sono, perderam a tranquilidade, alguns venderam o que não tinham para fazer o cadastro na correria imposta pelo Governo.

E aí veio a prorrogação.

Poderia ter vindo antes. O Governo poderia ter se mostrado parceiro do agricultor, ter ajudado ao invés de ter aterrorizado o campo.
Foi o que eles fizeram: terrorismo. Prorrogar o prazo do CAR no último instante foi um ato de terrorismo do Ministério do Meio Ambiente.

O grande ganho do Novo Código Florestal foi a reaproximação do campo com a vontade de proteger o meio ambiente.

Ao agir dessa forma amoral, o Ministério do Meio Ambiente põe em risco essa parceria.

Mas vamos em frente, meu caro produtor, minha cara produtora rural.

Não importa o que esses burocratas de meio ambiente e meia tigela desse governo fazem para o campo.

Vamos continuar fazendo o que sempre fizemos, produzir protegendo o nosso ambiente, a nossa casa… como sempre fizemos.

O prazo do CAR para agricultores familiares está prorrogado até 05.05.2017.

A depender da tramitação da Medida Provisória no Congresso todos os demais agricultores podem ser incluídos na prorrogação. Afinal a Câmara aprovou desde ontm à noite também os prazos para os médios e grandes. Na prática, até a sanção do novo presidente Michel Temer, prevista ara junho, nada de fato irá acontecer. Agora vamos fazer o CAR com tranquilidade, contando, é claro, que o SICAR volte a funcionar e cumpra com suas obrigações.

Fonte: João Batista Olivi

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes