Precisa-se de um auxiliar, assistente, analista, gerente- diretor, o que mais puder fazer, aceita dormir na empresa?

posted in: Notícias | 0

lei-da-atração-para-conseguir-um-emprego-0[1]Em tempos onde vale tudo por um contrato CLT.

Precisa-se de um auxiliar assistente analista de departamento contábil fiscal trabalhista jurídico.

Com a alta taxa de desemprego e dificuldade de recolocação, ficamos naquela corda bamba onde para chegar do outro lado temos que arriscar ou se ficarmos estáticos, esperando alguém nos resgatar, a corda pode estourar.

voce-pode-ficar-desempregado[1]Então começamos a procurar oportunidades com a autoestima lá em cima. “Não aceito menos do que eu ganhava e nem cargo diferente”. Mas aí procuramos, procuramos e quando temos muita sorte recebemos aquele e-mail de “Obrigado por participar do processo seletivo. Iremos deixar seu currículo em nosso banco de dados para novas oportunidades”. – ahã, estamos sabendo-.

No inicio é fácil seguir alguns conselhos do tipo “tenha calma, tudo tem o seu tempo”. O problema é que o banco, faculdade, luz, água e outras milhares de dívidas não entendem isso. É aí que surgem as armadilhas do mercado.

Aquela autoestima já começa a diminuir e já começamos a olhar para vagas que antes não eram consideradas com aquele olhar de “Humm… Olhando assim por outro ângulo, acho que vai hein?”.

Nesse momento, já não estamos mais analisando os dois últimos balanços financeiros das empresas, o reconhecimento no mercado ou sequer o plano de carreira.

Claro, cada um sabe do seu momento financeiro. Cada um sabe do que precisa e o que pode fazer para resolver seus problemas, mesmo que temporariamente.

Quando surge aquela oportunidade, queremos agarrar com unhas e dentes. Queremos mostrar o quanto estavam certos ao nos contratar. Fazemos nosso trabalho com todo aquele preciosismo e tudo o que for possível para mostrar a famosa proatividade.

É como se estivéssemos pela primeira vez na casa do sogro. “Opa, pode deixar que eu pego as compras =)” , “Opa, pode deixar que eu fico na churrasqueira”. Afinal, nós queremos impressionar né?

Como se não fosse o bastante, começam a surgir aqueles “favorzinhos”. “O amigão, sabe a menina do RH? Então ela não virá mais. Alguém precisava fazer parte essa semana, quebra esse galho? É coisa simples.” – Aposto que você nunca ouviu isso né?-.

Então a semana se transforma em um mês, ano e quando você percebe está fazendo o seu trabalho e o da menina do RH.

Chegamos ao final do dia exaustos, com aquela sensação de Atlas – para quem nunca jogou God of War, é o titan que carrega o mundo nas costas -, e muitas das vezes até duvidamos de nós mesmos. “Nossa estou ficando velho, não estou aguentando nem um dia de trabalho.”. A questão é que o seu dia de trabalho, não foi um dia, mas sim dois.

Como disse no artigo anterior“colaboração é importante, mas não confunda colaboração com obrigação.”

Enquanto está dando certo, ótimo. Seu tapinha nas costas mensal está garantido. Agora experimente falhar uma única vez. “Pô, o que você tanto faz para errar nesse relatório?”. É incrível como as pessoas que fazem você acumular ou desviar suas funções tem memória curta.

Esqueça, argumentar com gente assim é perda de tempo, você só irá ouvir mais absurdos do tipo “mas quando eu comecei eu fazia…”, “o que você faz da meia noite às seis?”. Essas pessoas não querem que você trabalhe igual a um colaborador, mas sim como um proprietário. Porém, para acertar os seus vencimentos, não fique empolgado, nessa hora sim você é um mero colaborador.

Conforme visto anteriormente, cada um sabe do seu momento, mas é nesse momento de crise que os dementadores estão à solta.

Pesquise, analise e busque opiniões. A internet irá te fornecer quase tudo o que você precisa.

Por mais que uma oportunidade pareça tentadora, muito cuidado, pois você pode estar entrando em uma tribo cheia de chefes só esperando por um índio.

Eduardo Lopes

Consultor Técnico

5.00 avg. rating (99% score) - 2 votes