Por que as empresas quebram – Parte 3: Relacionamento com o cliente

posted in: Notícias | 0

atendimentoFidelizar clientes e expandir negócios, qual empresário não deseja isto?

Mas na prática alguns problemas de relacionamento acabam por minar tal objetivo.

Muitos empresários ainda adotam uma relação de via única que flui da empresa para o cliente, tendo este que acatar o posicionamento da primeira. Isto é errado!

Neste relacionamento onde um só lado dita as regras os clientes são ignorados, as falhas de atendimento são encobertas por desculpas e justificativas de todos os tipos.

Os desejos e expectativas individuais dos clientes, nestes casos, não têm o menor valor e não há capacidade para reconhecer, identificar e criar práticas com foco em cada cliente, estabelecendo assim uma boa relação.

Uma relação satisfatória é estabelecida com base em 3 aspectos: o da troca, o do conhecimento e o do reconhecimento, pense nisto!

O aspecto da troca significa que sua empresa não está apenas empurrando um produto ou serviço para o cliente em troca de dinheiro, mas está (com seus produtos e serviços) resolvendo o problema do cliente, trazendo o benefício por ele esperado, e ele troca pelo valor justo e devido por esta satisfação, percebe a diferença?

Quanto ao aspecto do conhecimento, está em saber mais sobre o cliente: seus hábitos, costumes, aspectos econômicos e culturais, hoje em dia com o fácil acesso as redes sociais é fácil criar um canal onde possa obter informações sobre o cliente, entender suas necessidades e desejos.

Sobre o aspecto do reconhecimento, faço uma pergunta: Quem não gosta de ser reconhecido? Faz parte da natureza humana, seja entre um jovem casal que namora há pouco tempo ou entre um casal com muitos anos de casamento, a capacidade de reconhecer atos e gestos só fortalece a relação. E na relação empresa-cliente não é diferente, o cliente deseja ser reconhecido, seja pela sua fidelidade, pela frequência, por valor de compras, etc.

Neste item entra o pós-venda, o atendimento, o controle do histórico do cliente.

Muitos empresários agem como se fosse obrigação do público comprar de seus produtos, como se estivesse fazendo um favor.

Esquece que o sucesso de uma empresa está menos ligado ao produto e mais ligado à qualidade do relacionamento e dos serviços agregados (que é uma forma de reconhecimento).

Tenha uma estratégia de relacionamento com cada cliente bem estabelecida.

Invista em serviços ao cliente, do pequeno ao grande, não faça distinção.

Torne a experiência de compra um motivo de satisfação, e não um peso onde ele venha a ter na memória uma recordação desagradável da sua empresa.

Fonte: Contábeis
0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes