Por que as empresa quebram – Parte 1: Falta de Liderança

posted in: Notícias | 0

falta de liderançaSegundo o SEBRAE, De cada 10 pequenas empresas abertas no Brasil, apenas 2 sobrevivem até o quinto ano de vida. Este fato resulta em uma mortalidade superior a 80%.

No aspecto social é mais preocupante ainda visto que de cada 10 empregos, 6 ou 7 são oriundos das micro e pequenas empresas.

Muitos fatores contribuem para esses números alarmantes, e nem tudo é culpa do pequeno empresário, pois a carga tributária é pesadíssima, a falta de acesso ao crédito de forma justa é outro fator que pesa, assim como regras confusas no cenário econômico formam um cenário nebuloso. Poderíamos citar muitos outros, mas iremos abordar a partir deste artigo 10 razões de o “Porque as empresas quebram”, e que podem sim ser amenizados e corrigidos seus efeitos pelo próprio empresário.

E o nosso primeiro assunto é “A falta de liderança”. A falta de uma liderança que conduza, inspire e de o exemplo é um dos principais motivos de reclamação entre os colaboradores. Em tempos onde permanecer longo anos em uma mesma empresa não tem mais o mesmo significado de 30 ou 40 anos atrás, a troca de emprego devido a falta de capacidade de liderança das chefias diretas ou mais próximas faz com que os colaboradores procurem outras oportunidades com maior frequência.

Além de ser um dos motivos que mais aborrecem os colaboradores de uma empresa, a falta de liderança acarreta outros problemas que levam a empresa a uma desorganização geral dos processos e a perda de talentos. Um dos problemas são as falhas de comunicação, pois um líder capacitado deixa tudo claro desde a missão da empresa, passando pelos cargos hierárquicos e chegando as políticas de cargos e salários. Agindo assim transmite segurança para os colaboradores.

A falta de posicionamento das lideranças em relação a estes itens permite uma série de conversas paralelas, de hipóteses que viram “realidade”, de boatos que crescem, com a permissão do líder, pois não tendo um posicionamento claro e objetivo, está então ausente, de uma forma indireta acaba concordando com os fatos.

A liderança é uma habilidade, que pode sim ser desenvolvida, óbvio que alguns tem isto mais aflorado, outros são mais tímidos, mas não é por isso que serão líderes fracos. As pessoas gostam de serem inspiradas e cabe ao líder ser o exemplo a ser seguido. Mas ninguém é seguido sem ter um bom motivo, e ninguém trabalha para uma empresa também, sem ter um bom motivo, neste caso o motivo principal é o salário, isso é óbvio, ninguém trabalha por amor, mas não pode ficar somente nisso, o colaborador deve ter 100% de dedicação, trazer ideias, auxiliar para que a empresa possa crescer e evoluir. E cabe ao líder principal da empresa (o dono, o diretor, os sócios) ofertar todas as condições necessárias para que aconteça esse intercâmbio entre empresa e colaborador, lideres e liderados.

Pare e pense porque as pessoas trabalham para sua empresa, é somente pelo salário? Então cuidado, elas não serão fiéis e engajadas a sua empresa, também não irão oferecer o melhor de si, afinal o que você como líder está oferecendo? Se for somente pelo salário elas irão oferecer a contraprestação justa ao valor recebido, aquilo assinado no contrato de trabalho, afinal você não está fazendo o mesmo? Elas darão sua capacidade produtiva em troca do salário e não sua vida, sua saúde, seu tempo livre, etc.

Posicionando-se como uma verdadeira liderança, você irá conduzir e inspirar as pessoas a irem além, pois elas irão perceber que tem valor, que serão de alguma forma premiadas (folga no aniversário, um dia liberado a cada dois meses, um prêmio para sua família, treinamento, cursos, oportunidade de crescimento ou agregar conhecimento) enfim cabe ao líder conhecer a sua equipe e saber quais são sonhos, desejos e necessidades.

Você como um verdadeiro líder além de conduzir os processos de maneira clara, reconhecer o desempenho, terá atitudes pelo bem estar da sua equipe, você e sua empresa só tem a ganhar.

Uma liderança clara permite o crescimento da empresa, e a inovação, pois possibilita a colaboração de todos.

Uma empresa gira em torno das pessoas e não dos seus produtos/serviços, pois se não as pessoas que compram e as pessoas que fazem a empresa funcionar o negócio não existe. E mesmo que sua empresa seja bem pequena, não consiga ter um plano carreira e ofertar oportunidades de crescimento, ensine o máximo que puder ao seu colaborador, torne sua empresa uma escola para ele, afinal você é um líder…..é um verdadeiro líder desenvolve talentos.

Fonte: Contábeis 
5.00 avg. rating (99% score) - 1 vote