Mitos sobre produtividade no trabalho que atrapalham sua performance profissional

posted in: Notícias | 0

mito verdadeCom certeza você lê e ouve sobre como fazer o dia render mais, o que fazer para mostrar sua capacidade no ambiente organizacional, como esticar o tempo, melhorar a comunicação e outras comuns ferramentas do dia a dia corporativo. Algumas dicas realmente ajudam, mas outras podem deixar seu dia mais engessado e geram retrabalho. Veja se estão interferindo na sua vida:

Chegar muito cedo, ficar até tarde mostra seu empenho – Cuidado com esta armadilha extremamente comum que pode até tornar-se viciante. É compreensível que devido a um grande volume de trabalho tenhamos períodos nos quais um esforço extra seja necessário, mas procure estabelecer até quando será preciso trabalhar numa carga maior. A produtividade ideal é aquela na qual você realiza tudo o que precisa e implementa ideias, sugestões e novidades no tempo regulamentar de modo geral, até porque trabalhar demais não significa produzir muito mais. O cansaço existe, requer descanso para que sua performance não abra brechas para erros e retrabalho. É totalmente possível ser responsável, produtivo e assertivo atuando com qualidade sem abrir mão do bem estar.

Começar o dia lendo mensagens para resolver as urgências – de fato, hoje temos uma demanda de e-mails altíssima, o que faz muita gente começar o dia lendo as mensagens. O problema é quando a pessoa não estipula um período de tempo para esta tarefa e se descuidar ou distrair terá perdido toda a manhã somente respondendo e-mails. Experimente separar um período de 30 minutos dedicados a esta ação, volte ao que precisa ser feito e é importante, e posteriormente continue a responder ao longo do dia. A primeira olhada nas mensagens auxilia a selecionar quais precisam de resposta urgente, outras requerem uma resposta que indique “sim, eu li e tomarei providências” para que posteriormente você redija a melhor resposta e elimine o que não interessa. Lembro que a pressão por responder mensagens gera um alto desgaste, deixando você cansado já nas primeiras horas produtivas.

Ser muito sucinto nos e-mails porque ninguém tem tempo para ler – Realmente mensagens eletrônicas tem o mérito de rapidamente esclarecer, informar, solicitar e dar acompanhamento. No entanto, cuidado com mensagens onde tudo está subentendido, ou que não tem uma abertura agradável, pois frases únicas do tipo “mande para mim o orçamento” sem uma saudação e um agradecimento transmitem falta de tato. Se o assunto a tratar requer aprofundamento, procure escrever no máximo três parágrafos, onde apresenta a questão, propõe uma solução e solicita resposta. Assine sempre colocando um telefone para contato e e-mail para retorno.

Fazer uma coisa de cada vez – Hoje temos pouca paciência, muita cobrança e sobrecarga para as mesmas horas desde o início dos tempos, daí que dificilmente conseguiremos fazer uma única coisa e depois outra… Mas não caia na tentação de querer resolver tudo ao mesmo tempo agora; analise o que fará com o tempo que dispõe levando em conta a demanda da sua rotina. Sim, haverá momentos nos quais você estará redigindo um e-mail e pensando em quem precisa retornar a ligação – neste caso, termine a frase, escreva num papel “ligar para fulano” e termine seu e-mail. Em seguida, ligue para a pessoa, pois assim você não esquece o que está pulsando na sua mente como importante. Nossa mente tende a trazer muita informação ao mesmo tempo, e isso é que dá a sensação de sobrecarga. Ajude a mente a fluir escrevendo o que precisa fazer e vá riscando os itens à medida que vai resolvendo. No fim do dia, você terá a prova que seu sistema fez o trabalho render bem mais.

Lembre-se que seu tempo no trabalho é precioso, são horas nas quais você realiza, empreende, concretiza e agrega valor seja para seu negócio ou para a empresa na qual está empregado. Usar os recursos da internet, do tempo e tecnologia, bem como seu potencial, dependem da sua escolha consciente. Estar consciente faz parte de uma vida com qualidade e resultado. Pense nisso!

Fonte: Contábeis 
0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes