A era do E-Social

posted in: Notícias | 0

IMG_0187IMG_0173Matéria em estudo

E-social

 

Nossa equipe de Recursos Humanos, participou hoje de uma palestra sobre o E-Social, logo após realizamos uma mesa redonda, traçando estratégias de como implementar uma melhor forma de absorção pelos nossos clientes deste novo evento já com cronograma para entrada em vigor. Uma vez que este projeto obrigará as empresas não só no cumprimento da legislação de forma correta, como causará impacto direto na cultura de processos.

 

IMG_0184

ENTENDENDO O PROJETO

O E-Social é um projeto do governo federal que vai unificar o envio de informações pelo empregador em relação aos seus empregados. Esta prevista na própria Constituição Federal Art. 37, XXII, bem como na Lei 8.212/1997 Art. 32 e 11.457/2007 Art. 2°.

OBJETO:

Envio de Informações Trabalhistas, Previdenciárias, Tributarias e Fiscais, de forma “on-line”.

Todas as empresas e trabalhadores, bem como Prestadores de Serviços Autônomos e Órgãos Públicos, estarão obrigados ao evento.

IMPLEMENTAÇÃO

As Empresas terão que estar atentas, não basta apenas adquirir um software para captar as informações, temos que ter ciência do que esta acontecendo na organização e conhecimento dos eventos.

IMG_0186IMG_0183IMG_0185

TREINAMENTOS

A melhor saída ainda serão os treinamentos e conhecimento na gestão de pessoas.

EXEMPLOS

Citamos como exemplo a comunicação de férias, que tem que ser comunicado com 30 dias de antecedência, hoje sabemos que a maioria das empresas não cumprem com esse prazo e vai exigir que elas procedam de uma forma correta, tudo que esta previsto na legislação, terá que ser aplicado.

Outro Exemplo são as horas extras que só podem ser executadas duas horas por dia, se o gestor não souber ou se informar errado, a empresa já incorre em riscos da notificação “on-line”, entre outros exemplos como deixar de contratar a cota exigida de menor aprendiz, de deficientes, entre outras.

FISCALIZAÇÃO

O Fiscal em seu ambiente “on-line”, neste caso aqui não só o fiscal do Ministério do Trabalho, mas todos, Receita, Caixa, Previdências e outros órgãos interessados, terão total acesso as informações e já emitirão notificações “on-line” para a empresa em situação irregular.

Estamos falando aqui em multas que podem levar uma empresa a falência.

Esta constatado que haverá uma grande mudança de cultura nos processos, uma vez que se no inicio a fiscalização encontrar varias irregularidades, qualquer fiscal terá interesse em se dirigir a empresa e requisitar os períodos anteriores ao E-Social para verificações.

Algumas empresas que hoje se preocupam apenas com a parte tributaria, terão que aumentar seu foco.

PRINCIPAL MOTIVO

O Objetivo principal do Governo é o aumento de arrecadação dos tributos e por consequência o cumprimento da Lei.

Concluindo, as empresas devem atentar para o cadastramento correto dos eventos, pois um evento, não fecha sem o outro, procurar fazer as admissões com todos os dados pertinentes exigidos.

Citamos aqui que os eventos periódicos vão ate o 1.300, cada evento tem ate 2.400 campos.

O objetivo é que as empresas não deixem para ultima hora para se organizarem, uma vez que a mudança de cultura poderá requerer prazos que poderão deixar sua empresa em dificuldades fiscais.

IMG_0193

“O melhor patrimônio de uma empresa são seus funcionários, pense nisso.”

 

Equipe AJS

Fonte: IOB SAGE

5.00 avg. rating (99% score) - 1 vote