5S a solução organizacional para organização

posted in: Notícias | 0

5-SensosO programa surgiu no Japão, no final da década de 1960, quando percebeu-se que as fábricas japonesas eram desorganizadas e sujas. A administração e os operários das mesmas conviviam com essa realidade, sem perceber. Motivo pelo qual os empresários japoneses começaram a pensar em uma solução  eis que surge a grande ideia: programa 5S.

O programa 5S tem como foco melhorar as condições de trabalho e criar na organização um ambiente saudável e de qualidade, fazendo com que ele seja motivador para que as pessoas possam transformar os seus potenciais em realização (Trochin, Melleiro, Takahashi, 2005).

Devido ao aumento da concorrência Trochin, Melleiro, Takahashi (2005) fala que a qualidade de serviços dentro de uma organização cresceu por isso à necessidade das empresas instalarem o Programa 5S.
Segundo Silva (2001) o programa tem esse nome em função dos cinco conceitos, quem em japonês começam pela letra ‘s`: Seiri, Seiton, Seiso, Seiketsu e Shitsuke, e quando o programa foi introduzido no Brasil, em 1991, não foi possível fazer a tradução dos conceitos, sendo adotada a expressão “senso de” antes de cada palavra.

  • Seiri – Senso de Utilização – Consiste em identificar objetos e coisas como materiais, equipamentos, informações e dados, jogando fora ou dando o destino correto àquilo considerado desnecessário ao desenvolvimento das atividades. Segundo a Equipe Grifo (1998), a aplicação do senso de utilização traz benefícios como à liberação prateleiras, a reutilização dos materiais.
  • Seiton – Senso de Ordenação – Corresponde em definir os locais certos para estocar, guardar cada objeto para facilitar na hora da utilização. Os locais para estocar esses materiais devem cuidar a facilidade de estocagem, identificação, manuseio, reposição, retorno ao local após o uso.
  • Seisou – Senso de Limpeza – É manter limpo o ambiente de trabalho, equipamentos, materiais e dados e informações atualizadas para garantir a correta tomada de decisões.
  • Seiketsu – Senso de Higiene – Significa ter condições favoráveis de trabalho exercendo influências diretas nas pessoas tanto na saúde física e mental tendo um ambiente mais agradável reduzindo os acidentes de trabalho e doenças.
  • Shitsuke – Senso de Autodisciplina – Consiste em desenvolver o autocontrole, ter paciência e anseios tendo compromissos éticos, técnicos e morais observando as normas, regras, horários e procedimentos.

No Brasil essa prática vem aparecendo em várias organizações que intensificam suas melhorias utilizando o 5S visto que é um programa muito simples e prático para ensinar os funcionários criando e aperfeiçoando os bons hábitos, beneficiando a empresa e ao colaborador. Ela começou através da Fundação Christiano Ottoni, liderado pelo professor Vicente Falconi, em 1991.

O programa 5S apresenta varias vantagens, dentre elas: incentivo a criatividade, melhoria continua, prevenção de acidentes, higienização da empresa e aumento da produtividade, sendo assim é de fácil implementação, além de ser uma ferramenta de baixo custo. Segundo Campos (1998) o programa pode servir de base para outros processos de melhoria de qualidade, uma vez que, exista comprometimento entre as pessoas envolvidas. Abaixo cito alguns benefícios de quem utiliza esse programas: auto-inspeção e controle; previsibilidade e melhoria contínua dos resultados; exercício da cidadania, respeito ao próximo; ambiente ideal para o trabalho; aperfeiçoamento contínuo de padrões morais e éticos (crescimento em nível pessoal e social) e desenvolvimento do espírito de cooperação, do trabalho em equipe.

Sendo assim o programa tende possibilitar muitos benefícios a empresa, porém precisa-se da adesão de todos desde a alta gerência até os cargos operacionais. Desta maneira, percebe-se que a solução para muitos dos problemas organizacionais é a organização, a qual é possível com o programa.

 
Fonte: Administradores
0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes